TRADUTOR

SUPER SENSUAL CATEGORIA

Pesquisar este blog

20160324

CONTO ERÓTICO, SEXO NO ÔNIBUS!


Eu sempre era o última a descer no ponto final. 







O busão já estava sempre vazio e o motorista, ja no ponto final o ele saiu, tomar uma cerveja num bar na outra esquina. Naquela noite estava escura e bem quente a era uma noite meia nublada bem escura , como o cobrador era meu amigo viemos conversando a viajem enteirinha.ja no ponto final ele ficou sentado e os dois conversando.

Tão logo o motorista foi tomar a sua cerveja, tao logo desceu meu amigo disse eu não vejo a hora de comer seu cuzinho               gostoso fiquei excitada mais não dei um pingo de valor no que ele me disse.
Eu estava de mini saia e uma blusinha tomara que caia.



O meu amigo veio para cima de mim me agarrando não pude fazer nada ele me deu um beijo tao gostoso que minhas pernas tremeu com as duas mão agarrada no meu pescoço nao podia fazer nada foi so curtir aquele momento tirou uma das mão e desceu para debaixo da minha saia massageando minha buceta já ensopada por causa do beijo.




Fazia uns três meses que eu estava a seca não tinha uma mão tao forte para mim dominar eu adoro ser dominada por um macho que nem uma potranca começou alisando minha buceta por cima da calcinha logo pude dar um salto de alegria um dedo dele entrou na minha buceta eu estava ficando louca de tanto tesão meu amigo e um homem negro negro nao bem preto nao conhecia ele intimamente mas se seu dedo estava me levando as altura imagina seu caralho ele continuava a me beijarrrrrrrrrrrrrrr e sucando o dedo na minha bucetaaaaaaaaaa.











logo começou a me beijar o pescoço a outra mão desceu abaixando minha blusinha desceu a lingua para meu biquinho meu biquinhos estava durinho aquela lingua estava acabando comigo desceu um pouquinho mais beijando meu umbigo ja com as duas mao livre ele abaixou de uma vez minha saia e a calcinha junto desceu a lingua chupando minha xaninha nao pude aguentar muito tempo ele ajoelhado me chupando enterrava a lingua lambia minha xaninha como se fosse um picolé eu estava tao molhada pela lingua e pelo tesao danado que eu fiquei n meu pensamento so tinha a pica dele nao tinha mais medo de nada so queria trepar com ele nao pode aguentar gozei na cara dele todinha o bigode ficou todo molhado da minha felicidade gozei um gozo acumulado de tres meses logo cem querer olhei para fora o motorista estava chegando me arrumei lodo comecei a beija-lo o motorista entrou no ônibus eu disse chau dei numero de telefone do serviço porque naquela epoca não tinha Celular dei um beijo de despedida fui para casa.

Ainda pego esse negão.  

                          Coisa de tarado que me deixou louquinha ja estou toda molhadinha pensado como vou dar para ele minha bucetinha pra ele negão gostoso                                     isso e outro conto ............







renata alves.
são paulo, americana.





mande  seu conto  para  

contato.supersensual@gmail.com